Como criar um Plano de Negócios

A qualquer consultor, ou profissional que você for perguntar irá lhe dizer que o mais importante antes de começar qualquer empreendimento é fazer um bom, ou melhor, um ótimo planejamento. O plano de negócios irá te dar uma segurança sem igual, além de iluminar seu caminho como empreendedor, já que você irá saber quanto, onde e quando aplicar seu capital.

O plano de negócios serve para mostrar como o seu negócio deve funcionar e em qual ramo você deve seguir para ter sucesso. Seja o seu empreendimento uma franquia ou não, com um plano de negócios, você vai conseguir analisar e estudar o mercado da sua região, analisar a concorrência, ter uma expectativa de lucro, dentre outros dados importantes para o seu negócio. Estudos e relatos de empresários bem sucedidos mostram que escrever um plano de negócios ajuda a desenvolver uma empresa mais rapidamente e aumenta suas chances de sucesso.

plano de negocios

Se você quer abrir um negócio, deve fazer o plano de negócios para sair em busca do tão sonhado sucesso financeiro. Criar uma empresa sem antes estudar os importantes pontos que um plano de negócios disponibiliza, é como abrir um negócio  as cegas, sem saber se vai dar certo ou errado. Veja as dicas que separamos logo a baixo e aprenda como criar um plano de negócios.

Escolha o segmento do seu investimento

Para você saber se a sua ideia pode ou não dar certo, ou para saber o que mudar para aumentar os ganhos você deverá fazer um plano de negócios. Ele vai forçar você a testar suas hipóteses sobre o produto ou serviços da qual você quer investir, com isso você vai pode ter uma noção de que a sua ideia de fato pode dar certo ou não.

Nem tudo o que você pensa que pode dar certo tem chances de realmente acontecer, por isso a importância de criar um plano de negócios e descobrir qual nicho, ou segmento, seu capital será aplicado com maiores chances de dar certo.  Tenha em mente que a escolha do nicho é uma das etapas mais importantes do processo, então planejar e garantir a escolha certa pode demandar tempo e dinheiro que não será desperdício.

Para manter o foco, passe uma peneira em todas as suas ideias e elabore o documento apenas com uma. Se não parecer viável em seus resultados, você faz com outro nicho.

Analise a Concorrência

Como disse o Sun Tsu em seu célebre livro “A arte da guerra”, conheça seus inimigos mais do que a si mesmo. As ideias e Sun Tsu são tão geniais que valem para tantas questões quantas se possa imaginar, inclusive no comércio. Mesmo que seja meio óbvio essa frase, mas você deve conhecer muito bem sua concorrência para não ficar para trás na corrida do mercado.

Faça uma listagem de quem são os seus concorrentes de acordo com o segmento de mercado que você escolheu. Se você for usar a Internet, liste os principais sites e suas formas de atuação. Se possível, você pode tentar fazer um documento com dados de faturamento e números de vendas ou prestação de serviços dos seu concorrentes, sejam eles grandes ou de pequeno porte. Tenha em mente que você deve se manter sempre acima e à frente da concorrência.

Localização do Empreendimento

Outro quesito importante que deve constar em seu plano de negócios é o local que você irá abrir a franquia. Ainda que a maior parte, ou pelo menos as maiores, das franqueadoras oferecem um planejamento criterioso na escolha do ponto, é bom que você tenha o seu próprio plano, já que provavelmente você conhecerá bem o mercado de sua cidade.

Capital inicial necessário

Escolhe-se o porte da empresa: pequeno, médio ou grande. Depois se lista tudo o que é necessário para abrir a empresa: montagem de estrutura, maquinário, funcionários, matéria-prima e soma-se o gasto multiplicado pelos seis primeiros meses de sobrevivência no mercado. Geralmente nos sites oficiais das franqueadoras você já poderá contar com algumas tabelas de custos.

Nos COF’s (Circular de Oferta de Franquias) você terá informações mais detalhadas sobre custos e gastos que haverão até o empreendimento começar a dar retorno.

Outros pontos que devem estar em seu plano de negócios

Devem estar ainda no documento: escolha do nome, logo, estudo da marca, pesquisa de mercado (opcional) para saber qual seria a aceitação do público diante de uma nova marca, dentre outros. Isso se você estiver pretendendo começar um negócio do zero, porque se você optar por abrir uma franquia já terá em mãos toda a consolidação da marca no mercado.

Um plano de negócios te dá mais visão do seu empreendimento

Se você tem mais de uma ideia de investimento, que tal fazer uma escolha mais sábia com base no papel? Observar dados reais do mercado e prospecção do produto ou serviço para os próximos anos que apenas prospectar baseado no que você curte mais, ou no que parece ser mais atraente a seus olhos vistos.

Um plano de negócios é elaborado por um profissional e com base no mercado atual, pode te ajudar a escolher entre duas ideias supostamente geniais e te ajudar a escolher a mais lucrativa. Mas você pode fazer seus rabiscos por conta própria também, um empreendedor que se respeite tem que saber um pouco de cada etapa do seu empreendimento.

Veja o vídeo a baixo a onde ensina como criar um plano de negócios:

Até mais e boa sorte!


VEM EMPREENDER COM A GENTE - CLIQUE AQUI!